No Banner to display

Há 20 anos estudo o comportamento de pessoas que estão em posição de liderança, inicialmente em um ambiente corporativo como diretora de uma das mais bem-conceituadas instituições sociais do País e mais recentemente empreendendo como coach e mentora de líderes e empreendedores. Por todos estes anos de experiência posso afirmar que uma das principais qualidades de um líder é coragem. Um bom líder precisa correr riscos, sempre pensando no bem maior, ou seja, na equipe. Um líder bem-sucedido vai até as últimas consequências para defender seu grupo. A capacidade de proteger a equipes e a ousadia para arriscar é o motivo que faz com que os profissionais sejam vistos por suas equipes como excelentes líderes.

Atualmente não vejo TV, não tenho a mínima paciência para a programação, mas abro uma exceção para o MASTERCHEF, gosto de cozinhar e este programa colabora com o refinamento dos meus pratos e por isso dou atenção especial a ele.

Em um dos programas desta temporada, aconteceu um fato que me chamou muito a atenção, uma das participantes que foi líder de uma equipe teve a oportunidade de premiar 2 participantes do time que liderava para não participarem da prova de eliminação. No momento da escolha ela fez um discurso de justiça, pontos fortes e fracos, dizendo que o seu papel era desempenhar bem a responsabilidade de liderança do grupo e então, para minha surpresa ela se escolheu para receber o bônus.

Juro que por alguns segundos pensei que a moça se colocaria na prova de eliminação e mostraria ser uma verdadeira líder afinal, a equipe trabalhou muito bem e seguiu todas as orientações recebidas, mas não, ela preferiu se esquivar do desafio e colocar outro participante na prova.

Liderar não é sobre estar no comando, mas com cuidar das pessoas que confiam em você. Isso é a verdadeira liderança. Líderes de sucesso colocam seus interesses em segundo lugar por lealdade ao time. Liderar significa colocar se colocar em situações de prova para defender o grupo.

No caso do MASTERCHEF, entendo que não está em questão o fato de liderar uma equipe. Existe um prêmio em jogo, e ter a possibilidade de se auto excluir de uma prova de eliminação envolve a se manter no jogo por mais uma semana, mas tenho plena convicção que se a participante tivesse tomado a atitude de salvar um dos participantes e se colocar na prova, teria ganho aliados importantes para seu futuro no jogo.

Ser líder é sem dúvida desafiador. O time se inspira e espelha os comportamentos do líder. É importante lembrar que não se deve usar a autoridade, o medo e a arrogância para conquistar objetivos pessoais. As pessoas não seguem os grandes líderes por que precisam, mas sim por que querem.

Para reforçar o território de Verão, Itaipava traz arte e música para as ruas cuiabanas.

Em sua primeira edição na capital mato-grossense, o projeto cultural da Itaipava De Som a Sol trará música, arte e entretenimento a praças públicas, com programações mensais e gratuitas. A cerveja 100% Verão vai proporcionar experiências exclusivas, com uma estrutura que permite ao público estar perto dos artistas e ter um momento agradável entre amigos.

Itaipava de som a sol Cuiabá - Praça Popular - michelle bueno

O projeto é itinerante e a cada mês estará em um bairro da capital. O primeiro evento é amanhã, 10 de novembro, sábado, das 17 às 22 horas, na Praça Popular, e dará as boas-vindas ao Verão. Para abrir com chave de ouro, um dos nomes mais escutados deste ano, o cantor Vitor Kley.

Conhecido pelo hit “O Sol”, música que estourou nas rádios do país e deu o boom em sua carreira, Vitor Kley carrega na bagagem dois álbuns lançados de forma independente e resultados significativos nos rankings das músicas mais tocadas. Com certeza, um show que vai agitar o sábado de todos que forem conferir. (mais…)

Fui convidada pela Cinépolis do Shopping Estação para conhecer uma das salas VIP do cinema, além de lounge e atendimento exclusivos, poltrona reclinável eletronicamente, garçons, gordices gourmet, dentre outras facilidades, assistimos ao filme “A vida em si”.

É um drama meio com romance, com uma puta lição de moral, não sei como explicar ao certo. Será lançado em 06/12/2018 (sim, estou tão exclusiva que além de inaugurar a primeira sessão do cinema assisti um filme inédito, uma palavra define – INSUPORTÁVEL)

A vida em si - banner - cinepolis -mshopping estação - cuiaba - maro grosso - michelle bueno

O release oficial narra o seguinte: “A trama tem foco principal no casal Will (Oscar Isaac) e Abby (Olivia Wilde), mostrando de quando se conheceram até o momento que estão prestes a ter uma filha. A partir de um jogo de pistas e recompensas, e uma série de flashbacks, o filme vai abrindo seu leque e expandindo a ação principal.

O filme é MUITO louco, umas indas e vindas, a trama de uma família que se envolve com outra e resulta em um “Deus nos acuda”. É difícil falar sem dar spoiler, eu achei legal,uma atração leve, para ver em casal e chorar um pouquinho.

Os últimos 3 minutos da produção fizeram o tempo ter valido a pena, nos leva demais à reflexão pessoal. Para quem gosta do gênero, vai curtir.

COMENTAR Comentários desativados em Dica de Filme – A vida em si
Link me

Copyright © 2018 Michelle Bueno