Você sabia que inteligência emocional é a habilidade especial de perceber, entender, compreender e controlar os estados emocionais próprios e dos demais, e que ela pode estar ligada ao seu sucesso e felicidade, e ainda, que sua vida flui muito melhor se você treinar e aperfeiçoar esta habilidade.

O psicólogo, estudioso e escritor Daniel Goleman diz que os 5 fatores de inteligência emocional são:

– A autoconsciência – capacidade de reconhecer e entender as próprias emoções e estados de ânimo.

– A autorregulação – capacidade de questionar nossos estados de ânimo e emoções, sem reprimi-los nem deixar nos afetar por eles.

– A motivação – capacidade de superar desafios e obstáculos. Buscando novos desafios e gostando de aprender sempre.

– A empatia – é a capacidade de se colocar no lugar do outro.

– As habilidades sociais – capacidade de influenciar os outros sem manipulação e sim utilizar a comunicação verbal e não verbal de forma eficiente.

Todos nós, seres humanos racionais, temos estes fatores em nossas vidas. É normal desenvolvermos mais fortemente um ou outro, mas temos total capacidade de aperfeiçoar os que temos menos latentes em nossa personalidade.

Hoje, decidi te contar alguns hábitos que considero importantes nas pessoas com alta inteligência emocional, ou seja pessoas que têm os 5 fatores em equilíbrio A partir daí você pode fazer uma autoanálise para perceber onde você se encaixa e consequentemente aperfeiçoar suas habilidades para atingir mais rápido seus objetivos.

O primeiro hábito e o mais importante na minha opinião é o de não buscar a perfeição. Como assim, Flavia? Você está dizendo que se eu não for perfeito tenho alta inteligência emocional? Sim, meu caro leitor, ninguém é perfeito em tudo, é preciso reconhecer nossas fraquezas e saber a hora de buscar ajuda.

O segundo hábito é manter uma vida saudável, isso não quer dizer comer apenas comida funcional, cortar todo tipo de doce ou refrigerante, e sim, ter hábitos saudáveis, comer quantidades moderadas de boa comida, se movimentar e dormir regularmente.

O terceiro é ser proativo, ou seja, influenciar de forma benéfica o meio, garantir harmonia, direcionar boas energias, iluminar tudo e a todos ao seu redor. E principalmente saber que a adversidade é o melhor dos mestres.

O quarto hábito é saber dizer não e defender seu ponto de vista. Vamos combinar que dizer “não” é uma arte e que sem sombra de dúvidas, dominar esta arte é simplesmente respeitar os próprios limites. É sem sombra de dúvidas, libertador. Só precisamos lembrar que um “não” bem-dito precisa estar bem argumentado para não parecer capricho.

O quinto é reconhecer o erro. Tem coisa mais linda que reconhecer que errou e pedir desculpas, e ainda, pedir ajuda e aprender com o outro? Pessoas inteligentes emocionalmente não são orgulhosas.

O sexto Hábito é se rodear de pessoas alegres e com boas vibrações. Gente bem resolvida atrai gente feliz e com uma boa carga de energia positiva. Afastar pessoas que reclamam o tempo todo e que não sabem lidar com as diversidades da vida faz bem à alma.

E para terminar o sétimo hábito, mas não menos importante saber se brindar com momentos de felicidade. Celebre a vida, agradeça o amanhecer, homenageie o sol, brinde o anoitecer, corra, brinque, ria, seja feliz em momentos simples, e principalmente, seja você.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Link me

Copyright © 2017 Michelle Bueno