A Expedia Brasil me desafiou a contar para vocês detalhes inusitados da Snowland em Gramado e eu, mais do que depressa aceitei, já que como sabem, AMO, contar sobre os detalhes das nossas viagens a vocês. Dentre as atrações que Gramado possui, a Snowland era a primeira da minha lista, literalmente.

snowland-gramado-blog-michelle-bueno-2

Como cheguei na cidade pela manhã, foi somente o tempo de trocar de roupa e comer, para requisitarmos um transfer que nos levasse do Hotel até o Parque. Optei por este passeio porque nem Rudson (o love) nem eu, tivemos a oportunidade de conhecer a neve ainda, aí já viram! Nos deliciamos brincando às temperaturas negativas.

Ficamos apenas meio período no parque e concluímos que não é tempo suficiente para brincar em toda as atrações oferecidas. Quando retornarmos com as crianças, pretendo passar o dia por lá! Cada visitante recebe uma pulseira que dá acesso a todas as atrações, exceto as atrações Premium, que serão cobradas ao fim do seu dia no parque.

snowland-gramado-Vilarejo-Alpinoe-blog-michelle-bueno-566x1024

Chegando na Snowland, você terá duas opções de inicio, a Montanha de Neve ou o Vilarejo Alpino. Me joguei logo na Montanha de Neve “porque não sou obrigada a nada”. Você aciona a catraca com a sua pulseira, passa a roleta e já vislumbra a neve pelas portas de vidro que aguardam a nossa entrada. Por certo, antes de tudo isso, passamos por diversos departamentos, que vão nos equipando com roupa de neve, capacete, botas e luvas.

É necessário armazenar os pertences em um armário e só depois partir para a aventura congelante. Eu não esquiei, nem pratiquei snowboard, nosso tempo era curto e queríamos fazer o máximo de atividades possível, assim, nos jogamos no Tubing (ou o popular esquibunda), que consiste em uma bóia gigante pela qual você desliza montanha abaixo. Subimos e descemos diversas vezes e entre gargalhadas nos tornamos crianças juntos, para comemorar nosso aniversário de casamento.

cafe-snowland-blogdamichelle

Como os cuiabanos aqui estavam com muito frio, entre uma atividade e outra íamos no Hot Café, (É lá, dentro da Montanha mesmo) no qual é servido um chocolate quente BOM DEMAIS! Existem várias opções, certeza que uma agradará ao seu paladar. Passaram alguns duendes/elfos/#nãoseioqueeram chamando para o espetáculo Flokus e como seria a última exibição do dia, lá fomos nós.

É um show lúdico, que realmente nos remete à infância e o fim é o melhor – Não darei Spoiler! Outra atração da montanha que eu amei, foi o Bumper Car – É como se fosse um carrinho de bate-bate sob o gelo, só que no lugar de um volante, temos tipo “joysticks” nas mãos, atração que garante altas risadas, principalmente para os descoordenados como eu.

snowland-gramado-Panorama-blog-michelle-bueno-2

Lá da Montanha de Neve, avistei as motoneves contornando todo o espaço, marido e eu decidimos fazer o passeio (que é extra) então, ao sairmos da montanha, pedimos informações e agendamos a expedição de MotoNeve. Aproveitamos este ínterim para ir ao Avalanche Bar e comer, porque nessa altura, já estávamos com MUITA fome. Achamos os preços superamigos, considerando que os lanches eram enormes e ainda acompanhavam batata frita.

snowland-gramado-moto-neve-blog-michelle-bueno-2

No Avalanche Bar, além de matar a fome, aproveitamos a vista da Montanha de Neve e tivemos momentos agradabilíssimos. O lugar é super bem decorado e, quando me pego pensando nesta experiência não consigo almejar outra coisa: “Preciso trazer as crianças aqui”. Como o tempo urge, fomos direto para a Expedição de Motoneve. Sabe todo o equipamento que tiramos (calça e jaqueta de neve + bota + luvas) ao sair da Montanha de Neve? Pois sim, tivemos que colocá-lo todo novamente + um capacete.

Nos dirigimos a uma sala onde é exibido um filme de instruções de segurança e em seguida, fomos para as motos. Todas elas possuem uma GoPro na frente que registram todo o seu passeio e você pode adquirir (valor a parte) após o passeio. Eu fui na frente e Rud veio atrás! Achei o máximo a experiência, principalmente nos momentos em que podíamos acelerar um pouquinho mais (#Alocka) valeu super o passeio. Quando terminamos, já estava quase na hora de ir embora. Tentamos ir ao cinema 7D porém já estava fechado, assim como as lojinhas do Vilarejo Alpino.

snowland-gramado-moto-neve-blog-michelle-bueno-2

Batemos umas fotos para registrar #EuFui #EuTava e fomos embora. Na saída, uma loja de souvenires linda de viver e a certeza de que um passeio valeu a pena. Ligamos para a empresa que faria o nosso transfer e em menos de 10 minutos já estávamos rumo ao hotel. Ficamos tão exaustos que nem aproveitamos nossa primeira noite em Gramado, dormimos como se não houvesse amanhã. Recomendo o passeio para casais ou famílias, a diversão é garantida.Vai ficar mais que 3 dias em Gramado? Confira as dicas de roteiro em Gramado da ExpediaBrasil.

COMENTAR Comentários desativados em Snowland Gramado/RS

Comentários estão fechados!

Link me

Copyright © 2017 Michelle Bueno