No Banner to display

 Ain, genteeeeeeeee, fala sério… Cupcakes são lindos, charmosos, cheirosos… Delicinhas podem ser de infinitos sabores, cores, coberturas… Prometo que farei mais posts sobre esses bolinhos tão tchutchuzinhos, mas hoje será um intensivão-basicão!

Nem tãooooo básico assim, já que pularemos o nível macaco e partiremos direto para os cupcakes recheados, mas acreditem, e tão fácil quanto fazer miojo! 😉

Primeirinho de tudo: como eu sempre digo, tem que ter o equipamento correto! As forminhas para cupcake são específicas, mas se podem usar forminhas número zero, para queijadinha – elas têm a lateral um pouco mais baixo, mas não compromete o resultado final. Existem forminhas de papel amanteigado, que em minha opinião são apenas mais caras… Quanto às específicas para cupcakes, em lojas de embalagens e festas você encontra de vários modelos, estampas, cores…

Uma mais gracinha que a outra! Já vi de oncinha, de personagens de desenho animado, bolinhas… Tem ainda as forminhas de silicone, que eu acho que pro caso dos cupcakes não são lá muito versáteis, uma vez que com o papel cada um pega o seu e pronto, além do que o papel protege o bolinho; agora a de silicone te obriga a desenformar um por um (dá mais trabalho, né?!) e pode tirar uma ou outra casquinha deixando o bolinho feio…

 Para assar é importante ter as formas para acomodar as forminhas de papel – sejam elas avulsas…

… ou então juntas, com 6 ou 12 espaços.

 Caso você não tenha nem uma nem outra, pode usar 3 ou 4 forminhas de papel, descartando as forminhas extras depois de assar. Ainda assim seu cupcake deformará um pouco, pois sem a contenção lateral da forma metálica, o bolinho cresce para os lados também, como se pode ver na foto a seguir, mas como o tempo entre ele crescer e estar totalmente assado é breve, não fica tão ruim assim…

 Então, pra começar, a receita do bolinho. Essa receita que segue é coringa, de bolo de chocolate que pode ser feito em forma tradicional ou para cupcake. Diz à lenda que a massa tradicional para cupcake é mais pesadona – já vi receitas em que vai iogurte, mas eu sempre fiz com a massa que eu quis, sempre deu certo e fez sucesso, logo, não vou mexer com isso… Se você tiver uma receita que você goste, use sem medo! E se estiver sem paciência de bater ovos, use a mistura em pó de sua preferência. Tudo em favor de uma cozinha menos rigorosa, OK?!

Ingredientes:

4 ovos

2 xícaras de açucar

2 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de leite morno

4 colheres de achocolatado (dissolvido no leite acima)

1 colher de fermento.

Modo de Preparo:

Bater as claras em neve (picos duros), ainda batendo juntar as gemas, bater bastante, e depois acrescentar o açucar. Desligar a batedeira e colocar o leite com achocolatado. Ir batendo à mão, delicadamente. Coloque a farinha peneirada aos poucos, sem parar de mexer, e por último, o fermento.

Bolo pronto, forno quentinho, hora de encher as forminhas! Coloque no máximo 2/3 de massa nas forminhas – geralmente essa medida é ideal para que o bolinho cresça e não derrame, nem fique baixo demais na forma, mas caso você esteja fazendo uma receita sua que sabe que cresce mais (ou menos) ajuste a quantidade para sua receita. Não faz mal se a forminha entortar durante esse processo, pois quando a massa se expandir ela se ajusta!

 Feito isso, vai para o forno – e esse passo pode demorar de 15 a 25 minutos, dependendo do seu forno. Importante é não abrir nos primeiros 15 minutos, para não murchar os bolinhos – e depois disso vale o mesmo para os bolos tradicionais – a regra do palitinho seco – colocou o palito, saiu seco, o bolo está pronto!

Tire os bolinhos e deixe esfriar. Pronto! O principal está feito! Você pode rechear confeitar, brincar de soltar a imaginação!
Prometo num post futuro dar dicas de coisas gostosas para colocar dentro dos bolinhos antes de assar! Mas o de hoje será recheado, e da maneira mais cruel que se pode imaginar: com beijinho de coco aiiiiiiiiiiiii delíciaaaaaaaaaaaaa! rsrsrsrs

Para tanto, prepare um beijinho da seguinte maneira: 1 lata de leite condensado, 1 vidro de leite de coco e 1 pacote de coco ralado. Leve ao fogo até que desgrude do fundo da panela, e deixe esfriar, porém não coloque na geladeira ou então ficará difícil de manusear na hora de rechear… Enquanto esfria, prepare os bolinhos para receber o recheio: com uma faca, corte uma “tampa” dos bolinhos, deixando as laterais, porém se aprofundando no corte, de forma que saia um pedaço de bolo parecido com um diamante (não se preocupe, não precisa lapidar muito! rsrsrs).

 Quando tiver tirado as tampinhas de todos os bolinhos, recheie com o beijinho, sem que fique acima do nível da massa, e em seguida recoloque a tampinha, apertando delicadamente para que a superfície do bolinho fique uniforme.

Por último, pra terminar de judiar, vamos cobrir com um brigadeiro; num outro momento pretendo falar sobre as diferentes coberturas, mas hoje a maldade é essa! MAS não é um brigadeiro simplesmente – têm pontos e mais pontos e o brigadeiro para cobertura, quando a gente não quer que ele escorra todo e deixe o bolinho melecado e sem cobertura, é um ponto beeeeem firme e sem manteiga. Faça assim: na sua panela amiga coloque 1 lata de leite condensado, 5 colheres de achocolatado e mexa, mexa muito, mexa sem fim. Quando der aquele ponto de desgrudar da panela (em que o cheiro está sem educação de tão gostoso e a vontade é de comer ali mesmo, quente, fervendo) não, ainda não é esse ponto – abaixe o fogo, se estiver borbulhando muito tire do fogo, mexa e deixe amornar antes de voltar para o fogo, e mexa mais, e logo você perceberá que seu brigadeiro está ficando mais consistente quase açucarado. Quando formar um volume praticamente único, que não esparrama mais pela panela, aí é o ponto! Na realidade, essa pode ser a primeira coisa que você pode fazer, e deixa esfriar até que faça os bolinhos, mas por uma ordem de lógica eu coloquei aqui – agora que você já sabe, quando for fazer, faz antes do restante, combinado?! Rsrsrsrs e então, bolinhos recheados brigadeiro frio, com cuidado pra não puxar a casquinha do bolinho, espalhe o brigadeiro com a colher sobre cada cupcake e, se quiser, decore com confeitos.
 Se conseguir deixar sobrar algum, conserve na geladeira por até 3 dias (mas eu DU-VI-DOOOO que vá sobrar!).
 Mais receitinhas de cupcakes? www.voilaa.com.br
  1. oi Mi, ai que delicia, depois vou copiar a receita que agora estou de saida

    bjokas

    http://coisasdethalitha.blogspot.com

  2. Laís disse:

    Aiiii que delícia!!!!!!

    cupcakes são delícias mesmo!! Aqui em Cuiabá vi lugares vendendo, mas são decepcionantes já que não fazem com esse recheio dentro, coisa tradicional do cupcake! vou tentar fazer esse!!!!

  3. Humm que delicia, parace ser facil de fazer e ser muito gostoso, quero mto experimentar.

    Adorei sua visita no blog

    Bjoos amore

  4. MeIo DiVa disse:

    Genteeeee delícia puraaaa!!!
    Não vai sobrar MESMO nenhum pra guardar hahahahahaha

    http://meiodiva.blogspot.com

  5. Bia disse:

    Nao esqueçam de deixar a mamadeira da sua filha perto na hora que forem tirar a foto, ok? Kkkkk

  6. Ain, agora, por sua causa, eu vou ganhar 40 kg! Você acha isso certo, lady? Levando as blogueiras pro mal caminho? Ameeei a receita, esse Natal eu vou dar cupcakes de presentinho!
    Beijos de diamante,
    http://theladiesdiamond.blogspot.com/

  7. cacau disse:

    se quiser fazer sem tirar a tampinha do bolo é só rechear com um bico tipo pitanga, sem tirar nada do bolo, fica ótimo…bjs

  8. Susie Heymer disse:

    Ai que delícia! Parecem uma gostosura! Fiquei com água na boca, hehehe.
    Adorei a receita 🙂
    Tenha um dia adorável!
    xoxo
    Susie
    http://www.myfashionview.com

  9. Tati disse:

    Gatissima, estou retribuindo a visita… rsrsr Sou do blog criativasmakeup.com
    SAeu blog é lindo, gostei e já estou te seguindo… e essas delícias ai hem? Menina do céu amo chocolate… rsrsr Beijocas e um bom feriado para você.

  10. Alininha disse:

    Receita anotadíssima!!!
    Que delícinha, adoro cupcakes.
    Beijokas

  11. Bia disse:

    Ain dona Mi não te mandei a foto dele aberto, depois de pronto??? Vou te mandar pra vc por aqui, é a foto maissssss delicia!!!

  12. Vooooooou testarrrr essa semanaaa!:)

  13. Paula Marques Meyer disse:

    sempre me perguntei pq o papel não pega fogo no forno!!!

  14. Isabela disse:

    “Paula Marques Meyer16 de novembro de 2011 – 7:59
    sempre me perguntei pq o papel não pega fogo no forno!!!”

    Flor, a maioria dessas forminhas de papel são amanteigadas, próprias para uso no forno, agora se vc fizer uma forminha de papel A4 vai incendiar 😀

    Michelle Flor,
    Teu blog ta lindo, as fotos, receitas, tudo.
    Parabéns 😀
    Obrigada pela visita no meu blog, fiquei super feliz 😀
    Sucesso e tudo de melhor pra ti.
    beijos

Link me

Copyright © 2019 Michelle Bueno