Muitos já a definiram, mas vou tentar simplificar dizendo que ser materna é diferente de ser mãe, no sentido biológico.

Lembram-se das antigas famílias europeias? Quando as mães entregavam seus bebês às amas-de-leite para amamentá-los? De um lado a mãe que gerou. De outro, a figura materna, que cuidava, alimentava, fazia higiene dos bebês e vivenciava seus balbucios, olhares curiosos e primeiros sorrisos.

Fabiana Duarte - Maternagem - Heitor - mae de menino, bebê , colo

Explicado superficialmente o que é a Maternagem – aprofundaremos a reflexão no decorrer das conversas por aqui – vou, hoje, contar um pouco da minha experiência de mãe e materna.

Como milhares de mulheres e homens por aí, aqui em casa vivemos somente o meu bebê e eu. Pausa para um combinado: Não sou mãe solteira. Sou mãe e solteira! Sim, porque mãe não é estado civil né? Combinado feito, vamos lá…

Como me percebi Mãe e Materna?

O ser mãe foi chegando, devagarinho, ocupando um corpo que sem pressa foi se formando. Dezessete quilos representavam uma mudança significativa para alguém com muita dificuldade para engordar. Biologicamente eu já era mãe. E por nove meses dizia assim: “quando ele nascer, pode me trazer depois de limpo”. (mais…)

COMENTAR Comentários desativados em Que bicho é esse chamado MATERNAGEM?

Hellooo Cãobada beautiful !!!

Como AUcês sabem, quem passa por aqui é VIP né 😉 ?! E eu não poderia de deixar de CÃOvidar para ser a minha primeira AUtrevistada a #musa de toda a cachorrada #SRD (sem raça definida), com mais de 40.000 seguidores no insta, e grande parceira, a querida Best Friend Forever = #BFF, Pretaaa !

Preta - @pretiando - SRD - Amor - dog - pet - Ploc entrevista

PLOC: NOME CÃOPLETO
PRETA: Preta, apenas.

PLOC: IDADE
PRETA: Tenho em torno de 9 anos, meus humanos não tem certeza porque eles me tiraram das ruas.

PLOC: OCUPACÃO
PRETA: Sou modelo da Jingles Moda Animal, da Bibico Pet Store, Aubaixadora do Box Petiko e da Animals Love, Degustadora dos petiscos The French CO e estagiária da Click Pets Fotografia de Animais!.

PLOC: O QUE MAIS GOSTA DE FAZER?
PRETA: Amo viajar, de preferencia para a praia.

PLOC: QUAL A SUA CÃOMIDA PREDILETA?
PRETA: Picanha! Perco o cãotrole com picanha!

PLOC: E O PETISCO PREDILETO?
PRETA: Todos! auauauahuah

PLOC: QUAL O SEU PASSEIO INESQUECIVEL?
PRETA: Litoral de Santa Catarina! Sempre que vou pra lá, e é sempre, é inesquecível!

PLOC: PREFERE XIXI NO TAPETE, NO JORNAL OU NA GRAMA?
PRETA: Em casa faço no jornal, mas prefiro grama, que é sinônimo de passeio 😉

PLOC: O QUE FAZ QUANDO NÃO TEM NINGUÉM EM CASA?
PRETA: Como tive problema com epilepsia e tomo remédios diários para isso não fico nunca sozinha, sempre tem alguém de olho em mim!! Mas nunca mais tive crises, estou com esse probleminha cãotrolado!

PLOC: TEM ALGO QUE AUCÊ FAZ MAS SEUS PAIS NEM IMAGINAM?
PRETA: Tenho alguns crushs nas redes sociais! Espero que meus pais não leiam essa autrevista! (mais…)

COMENTAR Comentários desativados em Preta, a simplicidade de uma musa.

Após 160 anos da tragédia que vitimou 129 trabalhadoras da indústria têxtil de Nova York, que reivindicavam melhorias na condição de labor, através de greve, números da atualidade continuam estarrecendo. As discriminações contra as mulheres acontecem em vários lugares, de forma pontual, ficando evidente a percepção do gargalo.

igualdade-de-genero

Desde a Revolução Industrial, quando a mulher assume a condição de população economicamente ativa, com qualidades precárias de trabalho, a aritmética não foi capaz de solucionar problema. Para adentar nesse mercado, aceitaram parcas condições de labor e salários inferiores ao dos homens. Porém, naquela ocasião, não tinha alternativa, era isso, ou nada.

Na atualidade, apesar de tantos anos passados, conquistas, leis afirmativas, e mulheres que já demonstraram a possibilidade de ocupar todos os guetos dantes só ocupados por homens, a reflexão se faz necessária.

As mulheres são 43,8% da população economicamente ativa nacional. A participação feminina cai de acordo com o nível hierárquico. Elas são apenas 37% dos cargos de direção. Quando se fala em topo dos comitês executivos das grandes empresas, as mulheres são 10%. A mulher é maioria dos aposentados por idade, porém, a renda é menor. No ano de 2015 o Brasil alcançou a soma de 4,7 milhões de profissionais, com 63% dos homens em cargos de chefias. O salário das mulheres é aproximadamente 76% do provento dos homens, e, em se cuidando de cargos de direção a proporção é de 68%. (mais…)

COMENTAR Comentários desativados em Cargos de chefia e o gênero
...1020...2930313233...405060...
Link me

Copyright © 2017 Michelle Bueno